NOTÍCIAS


Após críticas, Lula vai reforçar articulação com senadores e deputados na próxima semana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve diminuir o ritmo de viagens nacionais, com exceção das já previstas, e se reunir com senadores e deputados federais após o feriado de Corpus Christi, dizem ministros do governo. A medida ocorre após as críticas da falta de articulação política do Executivo com o Legislativo e em meio à vontade de congressistas por mais liberação de emendas.

Nesta segunda-feira (5), havia a expectativa de uma reunião separada entre Lula e os líderes partidários da Câmara dos Deputados e do Senado. No entanto, o governo cancelou o encontro com o primeiro grupo e se reuniu apenas com senadores. Participaram Jaques Wagner (PT-BA), Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), Otto Alencar (PSD-BA), Fabiano Contarato (PT-ES), Jorge Kajuru (PSB-GO), Renan Calheiros (MDB-AL), Izalci Lucas (PSDB-DF) e Marcelo Castro (MDB-PI).

A reunião teve a participação da maioria de senadores que compõem a base do governo na Casa. De acordo com Jaques Wagner, o encontro tinha o objetivo de possibilitar a Lula transmitir os agradecimentos pela aprovação da medida provisória que reestruturou a Esplanada dos Ministérios. Na prática, o texto, alterado pelo relatório feito pelo deputado relator, esvaziou o poder de pastas, como Meio Ambiente e Mudança e Clima e Povos Indígenas, pautas defendidas pelo petista durante a campanha eleitoral de 2022.

Lula na Bahia e em Pernambuco

Depois de um ritmo acelerado de viagens nacionais e internacionais, Lula deve diminuir o número dos passeios, com exceção de agendas já previstas. O presidente cumpre agenda, nesta terça-feira (6), em Luís Eduardo Magalhães (BA) e no Recife (PE). Na quarta-feira (7), os compromissos se darão na capital pernambucana mais uma vez e em Paulista (PE). Há ainda a possibilidade de o chefe do Executivo passar o feriado de Corpus Christi em Pernambuco ou na Bahia.

Após a agenda, na semana dos dias 12 a 16, Lula deve reduzir o ritmo de viagens e se concentrar em “arrumar a casa”, nas palavras de um ministro do governo. A agenda, segundo essa fonte, deve contar com reuniões com parlamentares de diversos partidos e bancadas. O governo vem sendo criticado pela falta de articulação política, inclusive com recados públicos do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

“Há uma insatisfação generalizada dos deputados com a falta de articulação do governo”, disse Lira recentemente. “Daqui para a frente o governo tem que andar com as próprias pernas, e não haverá nenhum tipo de sacrifício dos parlamentares. O governo sabe e tem consciência de que a acomodação política não está feita e não tem base consolidada”, afirmou.

Lira e Lula conversaram ao menos três vezes sobre a questão. A última reunião entre os presidentes dos dois Poderes ocorreu na manhã desta segunda-feira (5). O alagoano disse em entrevista que, com a presença do petista na articulação política, é possível ter uma construção mais sólida na base do governo no Congresso Nacional.

Fonte: CP

Foto: Nelson Almeida / AFP / CP




06/06/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
SERTANEJÃO DA 98