NOTÍCIAS


Berlim planeja doar R$ 1 bi ao Brasil, diz ministra alemã

Recurso seria usado em proteção da Floresta Amazônica e de povos indígenas e em questões sociais, afirmou Svenja Schulze a jornal. Ela integra comitiva de Olaf Scholz que vai a Brasília nesta segunda.

 
A ministra alemã da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento, Svenja Schulze, afirmou que Berlim planeja doar 200 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão) ao governo brasileiro para a proteção da Floresta Amazônica e de povos indígenas e ao enfrentamento das mudanças climáticas.

A declaração foi dada em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo publicada neste domingo (29/01). Svenja está em missão oficial no Brasil, onde encontrou-se com representantes do governo brasileiro. Na segunda-feira, ela se junta ao chanceler federal da Alemanha, Olaf Scholz, que será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília.

Scholz está fazendo um giro pela América do Sul e visitou neste final de semana a Argentina e o Chile, em busca de fortalecimento de parcerias comerciais, acordos para a obtenção de matérias primas e energia e iniciativas para a proteção do meio ambiente.

O anúncio de Schulze se soma a uma doação da Alemanha já anunciada no início do mês de 35 milhões de euros (R$ 195 milhões) ao Fundo Amazônia.

Programa para os cem primeiros dias do governo Lula

A ministra alemã disse na entrevista que Berlim deseja apoiar um programa de ações emergenciais nos cem primeiros dias do governo Lula, e indicou que a verba anunciada poderia ser usada além do Fundo Amazônia.

“Uma coisa que já nos foi informada pelo governo é que os estados amazônicos precisam de mais apoio, não através do Fundo Amazônia, para que possam fazer coisas mais concretas em matéria de proteção da floresta”, disse Schulze à Folha de S.Paulo. “Vamos também cooperar em outras áreas, para ajudar a resolver o fosso social, porque temos certeza que a proteção do clima não funciona sem resolver os problemas sociais.”

A Alemanha é a segunda maior doadora do Fundo Amazônia, atrás da Noruega. O uso do fundo foi bloqueado durante o governo Jair Bolsonaro devido a divergências sobre sua administração, e deverá ser retomado em breve. Há cerca de R$ 3 bilhões já depositados no fundo que poderiam ser utilizados.

Fonte: DW Brasil




30/01/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
CORRESPONDENTE IPIRA