NOTÍCIAS


La Niña está enfraquecendo, mas ainda influencia as chuvas no RS

Após três safras seguidas sob a influência do fenômeno climático La Niña – 2020/2021; 2021/2022 e 2022/2023 –, é esperado o retorno do El Niño, a partir do outono. De acordo com o meteorologista Luiz Renato Lazinski, essa é uma boa notícia para os produtores rurais do Centro-Sul do Brasil. “O El Niño deve chegar no início da próxima safra de verão por aqui, favorecendo a implantação e o desenvolvimento das lavouras, devido ao volume de chuvas. Por outro lado, poderá afetar o trigo e outras culturas de inverno, causando problemas, como a incidência de doenças, e prejudicar a colheita, por conta da alta umidade”, afirmou. Ainda de acordo com ele, nos próximos meses, as temperaturas devem ficar entre a média e ligeiramente acima da média, a quantidade de chuvas deve voltar gradativamente ao normal e a probabilidade de ocorrer geadas precoces ou tardias são muito pequenas, com exceção nas áreas acima de 1.000 a 1.200 metros de altitude. Esse cenário é projetado para o Centro-Sul do país. Perda de intensidade – De acordo com Lazinski, o La Niña deve começar a perder intensidade a partir de março, mas continuará influenciando o clima, passando para um período de neutralidade climática entre os meses de abril e maio. A partir de junho, inicia-se a configuração do El Niño.

Fonte: Paraná Cooperativo

Foto: Metsul Meteorologia




28/01/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
SERTANEJÃO DA 98