NOTÍCIAS


Perito que analisou queda de helicóptero com filho de Alckmin é condenado

O perito que analisou a queda do helicóptero que matou o filho de Geraldo Alckmin foi condenado, por usar informações falsas, além de outras irregularidades na elaboração do laudo.

O servidor do Instituto de Criminalística Hélio Rodrigues Ramaciotti foi sentenciado a três anos de prisão. A pena foi convertida à prestação de serviços à comunidade e no pagamento de multa. Ele também deve perder o cargo, mas cabe recurso. A decisão é da juíza Carolina Hispagnol Marchi, da 1ª Vara Criminal de Carapicuíba, na Grande São Paulo.

Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), o perito errou a certificação da aeronave, afirmou que chaves do avião estavam em posições adequadas para voo (quando as fotos mostrariam que não) e atestou que uma das chaves, chamada Trim Feel, estava operante, o que também estava em desacordo com as fotos, entre outras imprecisões.

De acordo com o MP, as informações falsas, aliadas a outros erros da investigação, “quase fizeram mudar os rumos do inquérito policial”, além de resultar no indiciamento de outras pessoas indevidamente.

Além disso, ainda de acordo com a promotora, ele copiou trechos inteiros de pareceres referentes a outros temas do Instituto de Aeronáutica Espacial (IEA), do Departamento de Ciência e Tecnologia Espacial (DCTE) e do Comando da Aeronáutica, sem citar as fontes, no laudo do acidente do helicóptero.

Crédito: Revista Oeste

 




31/03/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
GUARAMANO NOTÍCIAS