NOTÍCIAS


RS contabiliza 95 homicídios em julho, o menor número em 13 anos

O Rio Grande do Sul teve o menor número de homicídios registrados desde o início da série histórica de monitoramento iniciada em 2010. Foram 95 casos em julho, o que representa uma queda de 25,2%, na comparação com o mesmo mês no ano passado. Também houve redução de 10% no número de feminicídios, considerando-se julho de 2022, e, na mesma lógica, diminuição de 66,7% no número de latrocínios.

“Estamos falando sobre vidas humanas e todas as perdas nós lamentamos, mas, do ponto de vista estatístico, de ações de segurança, conseguimos observar uma redução importante”, disse o governador Eduardo Leite, durante a divulgação à imprensa dos índices de criminalidade de julho, nesta quinta-feira. 

O governador elogiou a união entre as polícias. “Temos observado, dentro desse processo de integração, de um esforço coordenado entre todas as instituições de segurança pública, uma capacidade de resposta”, afirmou Leite. Ele ainda garantiu que seguirão trabalhando em busca de reduções “mais expressivas, consistentes e constantes”.

Na contramão, cresce roubo a transporte coletivo

O único índice negativo entre os apresentados foi de roubo a transporte coletivo: subiu de 36 para 57 casos. A Brigada Militar monitora os crimes, especialmente, em duas cidades: Porto Alegre e Rio Grande. 

“Estamos verificando ações de prevenção nas operações que fazemos, as chamadas Operações Ônibus, em que os policiais militares fazem barreiras e revistas aleatórias nas linhas que apresentam a mancha criminal”, detalhou o comandante-geral da BM, coronel Cláudio dos Santos Feoli. Ele ainda afirmou que há integração de dados sobre criminosos com a Polícia Civil.

Homicídios

Nos casos de homicídio, as autoridades afirmaram que os casos têm ligação direta com facções. “De cada 10 homicídios, oito têm como motivação o envolvimento de pessoas com o tráfico de drogas ou com o crime organizado”, detalhou o secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Sandro Caron. Segundo ele, o dado é semelhante em todo o país. 

Conforme o secretário da Segurança, a maior redução desses crimes foi em Porto Alegre. Caron também afirmou que, aproximadamente, 50% dos homicídios ocorrem em municípios onde atua o programa do governo RS Seguro, sendo a maioria da Região Metropolitana, entre outras regiões (confira a lista de municípios do programa abaixo).

Neste e em outros crimes, o chefe de Polícia do Estado, delegado Fernando Sodré, garante que “grandes operações” estão sendo realizadas para desarticular criminosos efetuando prisões, apreensões de drogas e armas, além de “asfixia financeira”, com investigações de lavagem de dinheiro. “Nestes primeiros 7 meses do ano, ampliamos nossas operações, em relação ao ano passado, em 28%, chegamos a 380”, disse Sodré. 

Outros Crimes

Crimes que não envolvem mortes também registraram queda. Os roubos de veículos reduziram 19,4%, em julho, na comparação com o mesmo mês de 2022, passando de 320 para 258. Em Porto Alegre, a diminuição foi de 4,6%.

Também houve queda no número de crimes contra bancos, com redução de 66,7%. Conforme o governador, em julho de 2015 foram registrados 27 casos, enquanto neste ano o mesmo mês teve uma única ocorrência do tipo. Nos casos de abigeato julho de 2023 teve queda de 26,3% em comparação com julho de 2022.

Atuação policial

O governador comentou, na ocasião, outros temas, como as câmeras corporais nos policiais militares. Ele entende o projeto como um piloto, que protegeria a sociedade de excessos e policiais de falsas acusações. “Para ninguém interessa na sociedade uma polícia com medo de agir”, pontuou Leite. Conforme a Brigada Militar, o processo de contratação dos equipamentos está em andamento, mas ainda sem prazo para finalização. 

Sobre as recentes manifestações de policiais, o governador afirmou que respeita, mas que, por questões orçamentárias, não vai haver reajuste no momento. “Trabalhamos para que o Estado possa voltar a ter condição, o mais breve possível, de oferecer as devidas recompensas aos servidores”, disse Leite.

Cidade do RS Seguro: Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão, Bento Gonçalves, Cruz Alta, Farroupilha, Ijuí e Lajeado.

FONTE: CP

Foto: Gustavo Mansur/ Divulgação Palácio Piratini/ CP




11/08/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
ESTAÇÃO SUCESSO