NOTÍCIAS


Santo Cristo qualifica a produção de leite e amplia resultados

No panorama de crise que caracteriza o ano de 2023 para o setor leiteiro do Rio Grande do Sul, o município de Santo Cristo, na Região Noroeste do Estado, tetracampeão em produção de acordo com o IBGE, com 65,3 milhões de litros em 2022, é um caso de sucesso. Assim como no restante do território gaúcho, Santo Cristo perdeu quantidade significativa de produtores de leite nos últimos oito anos: de 650 em 2015 para 350 em 2023, o equivalente a 46,02%. No mesmo período, entretanto, e apesar do encolhimento do número de famílias envolvidas, obteve um  um crescimento de 1% no volume produzido.

A vice-prefeita Loreci Finger Riewe, em visita ao Correio do Povo acompanhada de comitiva municipal de representantes da agropecuária, afirma que a estratégia de Santo Cristo está nos investimentos do poder público na qualificação dos sistemas produtivos no incentivo aos confinamentos e em obras de infraestrutura para o adequado escoamento da produção. “Colocamos mais de R$ 2 milhões em programas de  melhorias ao produtor”, destacou.

O produtor Cleiton Engel, coordenador do comite de enfrentamento de crise no leite do município, que busca ações dos governos estaduais e federais de socorro ao setor, ressaltou que as atuais condições de produção do leite estão levando as granjas ao desespero, com estiagens sucessivas, suspeitas de triangulação ilegal de leite vindo de outros países e importações em volumes altíssimos do produto em  em pó. 

O grupo veio a Porto Alegre divulgar documento já encaminhado a secretários e ministros que contém as seguintes reivindicações: proibição da reidratação de leite pó; imediata suspensão das importações de leite pó; retirada de isenções fiscais de empresas e importadoras; fixação de cotas não superiores a 5% da produção leiteira nacional para importação de derivados lácteos; fiscalização permanente da origem e qualidade do produto importado com as exigências e parâmetros brasileiros; chamada pública pela Conab para aquisição de lácteos; cumprimento da lei que impõe a informação até o dia 25 de cada mês pelas empresas de beneficiamento sobre o valor a ser pago ao produtor; prorrogação de débitos do setor vencíveis no ano agrícola vigente e outras ações de incentivo ao campo para salvar os produtores.

CP

Foto: Ricardo Giusti




23/10/2023 – Grupo Guaramano

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/RADIOGUARAMANO98.1FM/

98.1 – (55) 3353-1721
91.1 – (55) 3353-2121

grupoguaramano@yahoo.com
Guarani das Missões – RS
Av. Castelo Branco, 1053 – Centro, 97950-000

NO AR:
GUARAMANO NOTÍCIAS